News

02/09
2005

Balança do mês bate vários recordes

A balança comercial de agosto apresentou saldo positivo de US$ 3,672 bilhões - recorde para o mês - e cifras igualmente inéditas nas exportações (US$ 11,347) e de bilhões (US$ 7,676 bilhões). Conforme os dados da Secex - Secretaria de Comércio Exterior, esses resultados levaram o superávit acumulado no ano para US$ 28,348 bilhões. Nos 12 meses até agosto, o saldo positivo foi recorde de US$ 40,108 bilhões.
02/09
2005

Importação de insumos segue alta da produção

O ritmo de importação de matérias-primas está acompanhando o aquecimento da produção industrial. As indústrias não aproveitaram a valorização do real para formar estoques ou substituir quantidades expressivas de insumos nacionais por importados. O dólar barato favorece mais a importação de bens de capital e bens de consumo duráveis e não-duráveis, que estão crescendo acima da média. As compras externas de bens intermediários aumentaram 18,1% de janeiro a agosto, ante igual período de 2004. Esse item responde por mais de 50% da pauta de importação brasileira.
02/09
2005

Investimentos irão garantir crescimento sustentável

O ministro da Fazenda, Antônio Palocci, disse ontem que o Brasil não pode ficar paralisado por conta da crise política. O ministro afirmou estar seguro de que o País tem hoje condições para fazer os ajustes necessários para consolidar sua trajetória de crescimento econômico. "A crise será equilibrada se for centrada nos três poderes que dispomos, que sairão mais fortalecidos ao enfrentar desafios como este", disse. Durante sua exposição, Palocci fez referência a vários indicadores econômicos e comemorou o resultado do PIB, que cresceu 1,4% no segundo trimestre do ano. "Isso confirma que estamos diante do melhor crescimento das últimas décadas", afirmou.
01/09
2005

PIB surpreende e cresce 1,4%

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro do segundo trimestre cresceu 1,4% ante o primeiro trimestre, na série com ajuste sazonal, o que significa um ritmo anualizado de 5,7%, e o melhor desempenho desde o final de 2003. A economia brasileira cresceu no segundo trimestre de 2005 bem acima da americana, cujo resultado anualizado foi ontem revisto de 3,4% para 3,3%. No primeiro semestre, a taxa anualizada de crescimento no Brasil foi de 3,4%. O resultado do PIB trimestral foi divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
01/09
2005

Recorde no porto de Santos

Depois de registrar o seu melhor julho, o Porto de Santos quer conquistar mais cargas. Para isso propôs ao Conselho de Autoridade Portuária redução de 50% na tarifa de infra-estrutura portuária para incentivar a cabotagem. Em julho foram movimentadas 6.828.493 toneladas de cargas, alta de 8,24% em relação a julho de 2005 e de 7,89% no acumulado do ano.