News

24/02
2006

BC apóia fim de cobertura cambial

O diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central, Alexandre Schwartsman, afirmou ser a favor do fim da chamada cobertura cambial, ou seja, da obrigatoriedade que os exportadores têm de trazer para o País os dólares obtidos com as vendas externas, dentro de um prazo estabelecido ? atualmente de 210 dias. A proposta consta de projeto de lei complementar do senador Fernando Bezerra (PTB-RN), apresentada no início do ano, com o apoio de entidades empresariais. Foi a primeira vez que um membro da direção do BC se manifestou abertamente sobre o assunto.

< Back
Other News